Os times do programa Agita tiveram uma grande oportunidade de conhecimento com a palestra sobre blockchain e criptomoedas. O palestrante foi Victor Silveira, brasileiro que atua no ecossistema finlandês de startups. Victor foi convidado do Sebrae no dia 05/10/2017.
AGITA2017_BITCOIN
A seguir apresentamos os conceitos abordados na palestra.

Blockchain

Blockchain é uma tecnologia que permite múltiplas aplicações. E considerando o mundo digital em que vivemos, muitas das transações de valor, entre pessoas e instituições, pode ocorrer em maior escala, sem intermediários, com segurança e pelo meio digital. Blockchain promete ser um importante validador digital para toda sorte de transações, seja monetária ou um diploma de certificação – o que na prática altera todo um ecossistema de negócios. O blockchain permite a transação de uma “propriedade digital” de um para outro, e ao mesmo tempo, e com transparência, este bloco transacionado sofre uma validação digital. O MIT, por exemplo, tornou-se a primeira instituição de ensino a utilizar a tecnologia para suas certificações. De acordo com Marc Andreessen:

“A conseqüência prática é que pela primeira vez, existe uma maneira para um usuário da Internet transferir uma peça única de propriedade digital para outro usuário da Internet, de modo que a transferência seja garantida  e segura, todos sabem que a transferência ocorreu, e ninguém pode desafiar a legitimidade da transferência. As conseqüências desse avanço são difíceis de avaliar”.

fonte: https://www.coindesk.com/information/what-is-blockchain-technology/

Para as startups, que possuem monetização e relações digitais com seus clientes, o blockchain passa a ser um recurso estratégico. A tecnologia permite um nível superior de governança nas práticas das empresas.

Entendo a tecnologia blockchain

No site BlockGeeks podemos verificar o fluxo da informação digital e o processo de validação. Importante notar que a tecnologia transaciona tudo que possui valor. Um dos recentes fenômenos de valor digital são as criptomoedas. Existem centenas de criptomoedas, e a mais comentada a Bitcoin. Ou seja, para uma criptomoeda circular como um ativo, é necessário o ambiente que o blockchain propcia.

fonte: https://blockgeeks.com/guides/what-is-blockchain-technology/

Criptomoedas

O dinheiro digital vem tornando-se uma febre entre investidores. Há mais de 4 mil tipos de moedas, de acordo com CryptoCoinCharts. Já a CoinMarketCap acompanha cerca de mil moedas. É um mercado bilionário, que promete altíssimos rendimentos, mas há ressalvas. As críticas ao modelo estão baseadas na possibilidade de “lavagem de dinheiro” e o excesso de virtualidade na geração de valor. Entretanto, as possibilidades práticas de comércio, por meio de uma moeda digital, permitem “fazer a curva” em questões de câmbio e intermediários nas transações. O assunto chama atenção de países que como Austrália e China, já ponderam na estratégia de médio prazo, a criação e gestão de moedas com “lastro” de seus países de origem.

Para o Dr James Canton Ph.d da Institute for Global Futures o dinheiro digital é um fenômeno conjunto ao blockchain:

“O recente aumento do valor de cryptocurrency para um mercado de US $ 150 bilhões contrasta a verdadeira revolução que está surgindo. É menos sobre o aumento do valor de Bitcoin, em mais sobre a Economia Blockchain emergente”.

 

Conheça as equipes da edição 2017 do AGITA

Abduction Comics – plataforma de HQs para autores e leitores

Luiza Canesso de Oliveira Agostini 
Daniel Vieira Serpa Lara 
Arthur Monteiro de Castro 
Lucas Alves Leão 

 

Ask Computador – match maker de usuário e equipamento, além de ser market place

Barbara Bello 
Elberty Valadares Alves
Guilherme Miguel de Souz Resende
Nayara Silva Oliveira Cunha
Rebeca Vicente Farace

 

Slot – gestão de dispensa e gêneros alimentícios

Nicola Occhipinti 
Lucca Machado 
Rafael Rezende 
Rafael Assis Carvalho
Gabriel Rezende 

 

Easy Party – gestão de festas

Vitor Casagrande 
Samuel Avellar
Davi Peret
Gabriel Thomaz
Pedro Henrique de Paula Ferreira

 

Equifuturo – solução para pulverização de culturas

Ana Cláudia de Brito
Ana Luiza Guimarães Vieira
Bruna Sintia Silva de Araujo
Guilherme Henrique Teixeira
Mariana Vitório Costa Figueiredo

 

FRIP – experiência em roteiro e passeio turístico

Ana Beatriz Generoso Bruno
Arthur Sarah de Oliveira Guimarães
Camila Gama Campana Gomide
Rodrigo Gama Tôrres
Warley Leandro dos Anjos

IAcontainer – gestão de logística, rotas e espaços de baús e containers

André Homem Dornas
Flávio Vinícius Cruzeiro Martins
Vitor Homem Dornas

 

Integrados – dispenser de alimentação para pets

Milton Rodrigues Santos Júnior 
Guilherme Santos Coelho 
Clara Gomes 
Carlos Alexandre Randow Bahia 
Erick Fonseca Boaventura 

 

Pague Já – plataforma de self ordering

Julia Lopes Gontijo de Amorim
Maria Luiza Leal Braga
Bernardo Serra Quirino Castro e Silva
Lucas de Barros Innocentini 
Maria Clara Maciel de Castro 

 

Small to Small – plataforma de compra e venda para pequenos negócios

Arthur Ribeiro 
Paulo Henrique 
Vinicios Barbosa 
João Francisco 

 

SOS – jogos  e tecnologias educacionais

Maria Luiza Guimarães Gomes 
Angela Maria Braz 
Kátia Alves Pereira 
Lucas Henrique Fonseca Santiago 

 

Timed – match maker de usuário e remédios, além de ser market place para farmácias

Vitor Fiuza Rocha 
Izabella Monteiro 
Vitória Ansaloni Ribas 
Luis Felippe Praça 
Sophia Soares
João Augusto

Author João Augusto

More posts by João Augusto

Leave a Reply