Os times do programa Agita tiveram uma grande oportunidade de conhecimento com a palestra sobre blockchain e criptomoedas. O palestrante foi Victor Silveira, brasileiro que atua no ecossistema finlandês de startups. Victor foi convidado do Sebrae no dia 05/10/2017.
AGITA2017_BITCOIN
A seguir apresentamos os conceitos abordados na palestra.

Blockchain

Blockchain é uma tecnologia que permite múltiplas aplicações. E considerando o mundo digital em que vivemos, muitas das transações de valor, entre pessoas e instituições, pode ocorrer em maior escala, sem intermediários, com segurança e pelo meio digital. Blockchain promete ser um importante validador digital para toda sorte de transações, seja monetária ou um diploma de certificação – o que na prática altera todo um ecossistema de negócios. O blockchain permite a transação de uma “propriedade digital” de um para outro, e ao mesmo tempo, e com transparência, este bloco transacionado sofre uma validação digital. O MIT, por exemplo, tornou-se a primeira instituição de ensino a utilizar a tecnologia para suas certificações. De acordo com Marc Andreessen:

“A conseqüência prática é que pela primeira vez, existe uma maneira para um usuário da Internet transferir uma peça única de propriedade digital para outro usuário da Internet, de modo que a transferência seja garantida  e segura, todos sabem que a transferência ocorreu, e ninguém pode desafiar a legitimidade da transferência. As conseqüências desse avanço são difíceis de avaliar”.

fonte: https://www.coindesk.com/information/what-is-blockchain-technology/

Para as startups, que possuem monetização e relações digitais com seus clientes, o blockchain passa a ser um recurso estratégico. A tecnologia permite um nível superior de governança nas práticas das empresas.

Entendo a tecnologia blockchain

No site BlockGeeks podemos verificar o fluxo da informação digital e o processo de validação. Importante notar que a tecnologia transaciona tudo que possui valor. Um dos recentes fenômenos de valor digital são as criptomoedas. Existem centenas de criptomoedas, e a mais comentada a Bitcoin. Ou seja, para uma criptomoeda circular como um ativo, é necessário o ambiente que o blockchain propcia.

fonte: https://blockgeeks.com/guides/what-is-blockchain-technology/

Criptomoedas

O dinheiro digital vem tornando-se uma febre entre investidores. Há mais de 4 mil tipos de moedas, de acordo com CryptoCoinCharts. Já a CoinMarketCap acompanha cerca de mil moedas. É um mercado bilionário, que promete altíssimos rendimentos, mas há ressalvas. As críticas ao modelo estão baseadas na possibilidade de “lavagem de dinheiro” e o excesso de virtualidade na geração de valor. Entretanto, as possibilidades práticas de comércio, por meio de uma moeda digital, permitem “fazer a curva” em questões de câmbio e intermediários nas transações. O assunto chama atenção de países que como Austrália e China, já ponderam na estratégia de médio prazo, a criação e gestão de moedas com “lastro” de seus países de origem.

Para o Dr James Canton Ph.d da Institute for Global Futures o dinheiro digital é um fenômeno conjunto ao blockchain:

“O recente aumento do valor de cryptocurrency para um mercado de US $ 150 bilhões contrasta a verdadeira revolução que está surgindo. É menos sobre o aumento do valor de Bitcoin, em mais sobre a Economia Blockchain emergente”.

 

Conheça as equipes da edição 2017 do AGITA

Abduction Comics – plataforma de HQs para autores e leitores

Luiza Canesso de Oliveira Agostini 
Daniel Vieira Serpa Lara 
Arthur Monteiro de Castro 
Lucas Alves Leão 

 

Ask Computador – match maker de usuário e equipamento, além de ser market place

Barbara Bello 
Elberty Valadares Alves
Guilherme Miguel de Souz Resende
Nayara Silva Oliveira Cunha
Rebeca Vicente Farace

 

Slot – gestão de dispensa e gêneros alimentícios

Nicola Occhipinti 
Lucca Machado 
Rafael Rezende 
Rafael Assis Carvalho
Gabriel Rezende 

 

Easy Party – gestão de festas

Vitor Casagrande 
Samuel Avellar
Davi Peret
Gabriel Thomaz
Pedro Henrique de Paula Ferreira

 

Equifuturo – solução para pulverização de culturas

Ana Cláudia de Brito
Ana Luiza Guimarães Vieira
Bruna Sintia Silva de Araujo
Guilherme Henrique Teixeira
Mariana Vitório Costa Figueiredo

 

FRIP – experiência em roteiro e passeio turístico

Ana Beatriz Generoso Bruno
Arthur Sarah de Oliveira Guimarães
Camila Gama Campana Gomide
Rodrigo Gama Tôrres
Warley Leandro dos Anjos

IAcontainer – gestão de logística, rotas e espaços de baús e containers

André Homem Dornas
Flávio Vinícius Cruzeiro Martins
Vitor Homem Dornas

 

Integrados – dispenser de alimentação para pets

Milton Rodrigues Santos Júnior 
Guilherme Santos Coelho 
Clara Gomes 
Carlos Alexandre Randow Bahia 
Erick Fonseca Boaventura 

 

Pague Já – plataforma de self ordering

Julia Lopes Gontijo de Amorim
Maria Luiza Leal Braga
Bernardo Serra Quirino Castro e Silva
Lucas de Barros Innocentini 
Maria Clara Maciel de Castro 

 

Small to Small – plataforma de compra e venda para pequenos negócios

Arthur Ribeiro 
Paulo Henrique 
Vinicios Barbosa 
João Francisco 

 

SOS – jogos  e tecnologias educacionais

Maria Luiza Guimarães Gomes 
Angela Maria Braz 
Kátia Alves Pereira 
Lucas Henrique Fonseca Santiago 

 

Timed – match maker de usuário e remédios, além de ser market place para farmácias

Vitor Fiuza Rocha 
Izabella Monteiro 
Vitória Ansaloni Ribas 
Luis Felippe Praça 
Sophia Soares